Edit Template

Escolha um trabalho de que goste, e não terá de trabalhar um dia na sua vida

Esta célebre frase foi proferida por Confúncio, pensador e filósofo chinês, há mais de 2500 anos. Apesar disso, nunca fez mais sentido.

Vivemos numa era em que o trabalho consome grande parte das nossas vidas. Na verdade, a maioria de nós, passa mais tempo com os colegas de trabalho do que com a família e amigos. E não é necessário fazer parte do grupo dos workaholics; basta fazer contas às horas de trabalho versus a quantidade de tempo livre.

Assim, a área de trabalho acaba por ser um reflexo do que somos capazes de fazer no mundo. Por isso, se estivermos emocionalmente, mentalmente e fisicamente envolvidos num trabalho compatível com nossas capacidades, competências, desejos e valores, trabalhar pode tornar-se uma maneira incrível de nos sentirmos vivos, produtivos e úteis. O trabalho pode mesmo ser emocionante e desafiador. Pode ajudar-nos a encontrar o nosso lugar no Mundo, se for o trabalho “certo”. Caso contrário, pode ser uma fonte de interminável frustração e infelicidade, com impacto negativo na nossa saúde mental e física e até na qualidade das nossas relações com os outros.

E ainda que não possamos levar a frase de Confúncio à letra (pois até num trabalho que nos apaixone existirão problemas, dificuldades, desafios que nos parecem intransponíveis, muita dedicação necessária, inclusive poderemos trabalhar ainda mais horas), não podemos ignorar as melhorias na motivação e rendimento, o impacto positivo no nosso estilo de vida e saúde, e os níveis de satisfação e felicidade que advêm de trabalhar em algo em que acreditamos e com o qual estamos alinhados. Quando estamos a viver a nossa verdade (o que inclui o trabalho), crescemos como pessoa de forma exponencial.

E como saber que trabalho é esse? O lugar para procurar essa resposta é dentro de si própria. Encontrar o trabalho certo envolve não apenas uma jornada pessoal de descoberta do que gosta de fazer, mas também um reconhecimento das coisas que não quer para si. Significa descobrir quem é, o que a faz vibrar, que visão tem para a sua vida.

Naturalmente, que o seu trabalho atual pode realmente ser o certo para si. Mas se não for, convido-a a criar espaço na sua vida para refletir e considerar novas oportunidades. Analisar as possibilidades de forma realista, mas permitindo-se alargar um pouco os horizontes para se conhecer melhor e perceber o que pode fazer para ter uma vida profissional mais saudável, feliz e completa

Share this post...

Edit Template
Edit Template
Translate »